Grupo Saraiva pede recuperação judicial no Brasil

Em 23 de novembro 2018, as empresas do Grupo Saraiva requereram recuperação judicial. O processo foi distribuído para a 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca de São Paulo – SP, processo n° 1119642-14.2018.8.26.0100.

O juiz já deferiu o processamento da recuperação judicial e a decisão será publicada amanhã (04/12) no Diário Oficial. Considerando a decisão proferida, o Grupo Saraiva terá 60 dias para apresentar plano de recuperação, informando como pretende pagar seus credores. Além disso, o deferimento do pedido acarreta a suspensão dos processos judiciais contra o Grupo Saraiva por 180 dias. É comum nos planos de recuperação que as empresas apresentem propostas de pagamentos de dívidas com deságio (descontos) e em diversas parcelas.

O Grupo Saraiva também já apresentou lista preliminar de credores, mas a relação ainda não foi publicada no Diário Oficial. Os credores que não estiverem nessa lista ou cujos créditos estejam indicados incorretamente terão 15 dias para apresentar habilitação ou divergência ao administrador judicial, tão logo a lista seja publicada.

Estamos acompanhando de perto esse processo, com um time altamente especializado no assunto. Se sua empresa possuir créditos contra qualquer empresa do Grupo Saraiva, ficamos à disposição para auxiliá-los, seja no âmbito consultivo, seja com as medidas a serem tomadas na recuperação judicial.