Atalho

Novidades

Covid-19 combate em todas as frentes

Covid-19 | Novas Portarias da PGFN regulamentam transação extraordinária e suspensão de prazos e atos de cobrança

19/03/2020

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, assinou em 17/03/20, a Portaria nº 103, que trata das medidas relacionadas aos atos de cobrança da dívida ativa da União, incluindo a possibilidade de suspensão, prorrogação e diferimento, em decorrência da pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde relacionada ao Coronavirus (COVID-19).
 
Como medidas a serem adotadas, determinou-se a suspensão por até 90 dias dos prazos de defesa do contribuinte e demais procedimentos de cobrança. Também foi determinada a criação de nova proposta de transação por adesão, a ser regulamentada pela PGFN.
 
Em decorrência da autorização ministerial, ontem foram publicadas as Portarias nº 7.820 e 7.821, cujas principais características seguem abaixo.
 
1) Portaria PGFN nº 7.820/20 – transação extraordinária  
 

  • Aplicável a créditos inscritos em dívida ativa da União
  • Pagamento de entrada correspondente a 1% do valor total dos débitos a serem transacionados, divididos em até 3 parcelas iguais e sucessivas;
  • Parcelamento do restante em até 81 meses, sendo em até 97 meses na hipótese de contribuinte pessoa natural, empresário individual, microempresa ou empresa de pequeno porte;
    • Para débitos decorrentes de contribuição previdenciárias previstas na alínea “a” do inciso I e no inciso II do caput do art. 195 da Constituição, o prazo do parcelamento será de até 57 meses;
  • Postergação do início do pagamento das demais parcelas do parcelamento para o dia 30/06/20.

A adesão ao parcelamento está condicionada à desistência de ações, impugnações ou recursos relativos aos créditos transacionados, com a apresentação de pedido de extinção do respectivo processo com resolução de mérito, nos termos da alínea “c” do inciso III do caput do art. 487 do CPC.

A adesão ao parcelamento deverá ser realizada por meio da plataforma REGULARIZE, da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, por meio do site www.regularize.pgfn.gov.br, até o dia 25/03/20.

2) Portaria PGFN nº 7.821/20 – suspensão de prazos e atos de cobrança no âmbito da PGFN

a) Suspensão, por 90 dias, dos seguintes prazos

  • Prazo de impugnação e para recurso de decisão proferida no âmbito do Procedimento Administrativo de Reconhecimento de Responsabilidade – PARR;
  • Prazo para apresentação de manifestação de inconformidade e recurso contra decisão que excluir a empresa do PERT;
  • Prazo para oferta antecipada de garantia em execução fiscal e prazo de apresentação de pedido de revisão de dívida inscrita e prazo para recurso contra decisão que indeferir os pedidos. (Este prazo de apresentação é o estabelecido no artigo 6º da Portaria 33/2018: Art. 6º. Inscrito o débito em dívida ativa da União, o devedor será notificado para: (…) II – em até 30 (trinta) dias: a) ofertar antecipadamente garantia em execução fiscal; ou b) apresentar Pedido de Revisão de Dívida Inscrita (PRDI).)

b) Suspensão, por 90 dias, dos seguintes atos de cobrança

  • Apresentação de protestos de CDA
  • Instauração de novos Procedimento Administrativo de Reconhecimento de Responsabilidade – PARR
  • Início de procedimento de exclusão de contribuinte de programas de parcelamento no âmbito da PGFN
Compartilhe nas redes sociais
Trench Rossi Watanabe
São Paulo
Rua Arq. Olavo Redig de Campos, 105
31º andar - Edifício EZ Towers
Torre A | O4711-904
São Paulo - SP - Brasil

Rio de Janeiro
Rua Lauro Muller, 116 - Conj. 2802
Ed. Rio Sul Center | 22290-906
Rio de Janeiro - RJ - Brasil

Brasília
Saf/s Quadra 02 - Lote 04 - Sala 203
Ed. Comercial Via Esplanada | 70070-600
Brasília - Distrito Federal - Brasil

Porto alegre
Av. Soledade, 550
Cj. 403 e 404 | 90470-340
Porto Alegre - RS - Brasil

Imprensa
JeffreyGroup
Nara Neri 55 11 3185.0800 | Ext.832

Ícone do Instagram
Ícone do Podcast
Ícone do Facebook
Ícone do YouTube
Ícone do Linkedin